Alunos com carências imediatas de alimentos e medicamentos por não estarem na escola são apoiados pelos municípios, diz Sofia Ribeiro Ler mais

Alunos com carências imediatas de alimentos e medicamentos por não estarem na escola são apoiados pelos municípios, diz Sofia Ribeiro

Ficar dependente do ensino à distância pode significar para muitas crianças a perda de uma refeição completa e
nutritiva. No entanto, Sofia Ribeiro garante que “nos casos em que se verifiquem carências imediatas” de bens alimentares ou de medicamentos, é feita uma acção mais directa através dos municípios. Já para “a apoios mais estruturados, decorrentes de quebras de rendimentos porque as escolas fecharam, o Governo Regional implementou um regime de compensação financeira”. Quanto à reabertura das escolas, a Secretária Regional espera que em breve existam condições para regressar ao ensino presencial, isto é, assim que diminuir o risco de contágio na ilha de São Miguel.

Pedidos para acolhimento de crianças  e jovens em instituições “são sucessivos” mesmo durante a pandemia Ler mais

Pedidos para acolhimento de crianças e jovens em instituições “são sucessivos” mesmo durante a pandemia

De acordo com Aldina Gamboa, responsável pelas Casas de Acolhimento de Nossa Senhora dos Anjos, existe nea instituição um total de 20 crianças e jovens, sendo o limite máximo de 30. Apesar de preocupada por existirem poucas vagas em aberto, a também Vice-presidente do Centro Social e Paroquial da Fajã de Baixo explica que ao longo dos anos têm sido menos as crianças entregues ao acolhimento residencial.

Governo “deve reforçar apoios” às empresas para enfrentarem os desafios do futuro Ler mais

Governo “deve reforçar apoios” às empresas para enfrentarem os desafios do futuro

Luís Rego, um dos responsáveis pelo Grupo Ilha Verde, afirma que os apoios criados até ao momento para ajudar as empresas a superarem os efeitos da crise provocada pela pandemia devem ser continuados e reforçados para fazer frente aos desafios futuros. Actualmente, adianta que uma das maiores dificuldades no seu sector prende-se com a impossibilidade de aderir ao lay-off  pelo tempo que consideraria ideal, tendo em conta que a facturação do Grupo inclui o aluguer e a venda de viaturas.

“Uma mágoa que eu tenho é termos governantes de vistas curtas”, diz empresário  lagoense impedido de expandir negócios Ler mais

“Uma mágoa que eu tenho é termos governantes de vistas curtas”, diz empresário lagoense impedido de expandir negócios

Apesar de considerar a nova ciclovia que liga o Largo do Cruzeiro até ao portinho de São Pedro um dos melhores projectos levados a cabo pela autarquia, Dinis Rego  - proprietário da Casa de Pasto José do Rego - sente-se prejudicado pelo facto de não poder aproveitar este novo acesso para poder investir em novas oportunidades de negócio, tendo em conta que o seu quintal é actualmente classificado como reserva natural.

Cercas em Rabo de Peixe e Ponta Garça dividem opiniões entre os locais Ler mais

Cercas em Rabo de Peixe e Ponta Garça dividem opiniões entre os locais

As freguesias de Ponta Garça e Rabo de Peixe acordaram hoje com as cercas sanitárias que foram determinadas pelo Governo Regional. Para os nossos entrevistados, esta é uma medida à qual é reconhecida validade, embora se reconheça que poderá não ser a solução para acabar com a transmissão do vírus a médio ou a longo prazo.

Filho de emigrantes picoenses cria loja virtual onde imortaliza expressões  e tradições açorianas em peças de roupa Ler mais

Filho de emigrantes picoenses cria loja virtual onde imortaliza expressões e tradições açorianas em peças de roupa

Naturais da ilha do Pico, os pais de Lafayette Azevedo decidiram emigrar para o Canadá, onde viria a nascer o empresário que - apesar de viver agora na Califórnia - é hoje proprietário da PortuTees, uma loja online que procura tornar acessível a todos um pouco das tradições açorianas imortalizadas em vários tipos de peças de roupa. Através desta marca, o empresário criou uma linha dedicada a cada uma das ilhas açorianas, destacando que grande parte dos produtos disponíveis já chegou a países como a Austrália, Israel e Alemanha.

Carolina Gomes de Menezes é uma das influenciadores digitais açorianas com mais fãs atentos aos seu trabalho Ler mais

Carolina Gomes de Menezes é uma das influenciadores digitais açorianas com mais fãs atentos aos seu trabalho

De momento, Carolina Gomes de Menezes é uma das influenciadoras digitais açorianas com mais pessoas atentas ao trabalho que desenvolve, tendo perto de 31 mil seguidores, e admite que esta poderá vir a tornar-se na sua principal ocupação profissional no futuro. Nestes últimos dois anos, a jovem com 22 anos de idade procurou conciliar o seu crescimento nas redes sociais – principalmente no Instagram – com os estudos, completando uma licenciatura em Direito e prosseguindo estudos num mestrado em Relações Internacionais, o que lhe permitirá manter abertas as portas para qualquer uma das profissões que deseje seguir e para qualquer uma das responsabilidades sociais que deseje assumir, seja através da sua presença nas plataformas online ou não.

Associação de guias de informação turística nos Açores pede “trabalho, formação e certificação” Ler mais

Associação de guias de informação turística nos Açores pede “trabalho, formação e certificação”

Para além de ser uma forma de fazer com que estes profissionais sejam remunerados dentro da sua actividade profissional, Paulo Jorge Bettencourt, presidente da AGITA, afirmou que esta seria também uma forma de garantir que os bons profissionais se mantenham no sector do turismo, uma vez que muitos têm sido os que - por dificuldades económicas - têm procurado outras ocupações mais seguras no momento actual.

Theme picker

Revista Pub açorianissima