Homem resgatado na Lagoa esteve dois dias desaparecido numa falésia

A Autoridade Maritima anunciou que efectuou ontem um salvamento de um homem de 48 anos que estava desaparecido desde 22 de Junho, no concelho da Lagoa, em São Miguel.
A Autoridade Marítima conta que cerca das 09h45 horas do dia de ontem (24 de Junho de 2020), foi dado o alerta do desaparecimento homem, cujo paradeiro era desconhecido desde a tarde do dia 22, altura em que foi pescar para uma zona de falésia na Lagoa.
Após o alerta, diz a mesma fonte, foram empenhadas de imediato a embarcação SR39 e uma mota de água, ambas da Estação Salva-Vidas de Ponta Delgada, que se dirigiram para o local, tendo localizado o individuo em cima das rochas, junto à linha de água, cerca de 40 minutos depois. 
O homem que estava acidentado foi encontrado numa zona rochosa, de difícil acesso, consciente, com dificuldades em se expressar e com hematomas vários.
A acção de salvamento e resgate foi protagonizada em condições muito adversas (zona de rebentação) por 3 tripulantes do ISN e 2 agentes da Policia Marítima do Grupo de Mergulho Forense dos Açores sediado em Ponta Delgada, contando com o auxílio de mais 1 Subchefe e um agente da Polícia Marítima  e dois militares da vigilância motorizada – Projecto “Seawatch”. 
O indivíduo foi resgatado para a embarcação SR39, transportado até à Marina de Ponta Delgada e conduzido ao hospital por uma ambulância que já se encontrava em espera no cais.
Colaboraram com os órgãos da Direcção Geral da Autoridade Marítima (DGAM) da Policia Marítima, nesta acção de salvamento, os Bombeiros de Ponta Delgada e o Serviço Regional de Protecção Civil e Bombeiros dos Açores, revela ainda a mesma fonte numa nota enviada às redacções.

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker

Revista Pub açorianissima