continente
Novo Banco 2020

“A rádio também pode servir para levar a comunidade da Califórnia a outras latitudes e até aproximar os Açores das suas comunidades”

Diniz Borges, emigrante, recorda o passado em tempo das Novas Tecnologias

O projecto é do Instituto Português Além-Fronteiras, da Universidade de Fresno, e pretende manter viva a história da rádio em português na Califórnia, que começou em 1920, com o terceirense José...

“Gosto de tocar só aquele tipo de música que mexe com os meus sentimentos”, diz Carlos Massa que já levou um tema ao Festival da Canção

Carlos Massa: Músico vive na capital portuguesa mas não esquece as suas raízes açorianas

Vivendo actualmente em Lisboa, o micaelense Carlos Massa pisou pela primeira vez um palco nos Mosteiros, tinha 13 anos e foi com a sua primeira banda que se chamava Ácidos & Rock. Lembra-se...

“Não faz sentido que um serviço do Governo da República seja tutela de um Governo Autónomo dos Açores para as verbas do PRORURAL”

Carlos Ávila, Presidente da Direcção da ASDEPR, a propósito dos 25 anos da Associação

A Associação para o Desenvolvimento e Promoção Rural celebra hoje 25 anos e o Presidente da Direcção, Carlos Ávila, destaca três dificuldades com que se debate a instituição: a falta de capacidade...

“Quem está habituado a navegar por um mar tão agreste, as coisas tornam-se mais fáceis quando enfrentamos outros perigos à volta do mundo”

Carlos Mendes, skipper, instrutor de mergulho e fotógrafo

Natural da Ilha das Flores, Carlos Mendes de 45 anos, é proprietário de uma empresa marítimo-turística no extremo mais ocidental da Europa. Da fotografia subaquática ao mergulho até às aventuras...
First7891012141516Last
Todas as capas
Capa
Almanaque 2020

Editorial

Maria Corisca

Meus Queridos! Tenho dito e redito que o trabalho desenvolvido pelos responsáveis do Serviço Regional de Saúde para conter a contaminação pandémica, foi eficiente e permitiu evitar males maiores, isto apesar das insuficiências do sistema que não contava com tão repentina crise. Agora parece que entramos numa fase em que precisa ser melhorada a forma de prestação dos serviços de testagem e passar a respeitar escrupulosamente o tempo para comunicar aos testados o resultado da análise. Não se pode deixar as pessoas suspensas para além das 12 horas entre o teste e o resultado, porque isso gera ansiedade e pânico, além dos serviços não responderem quando o utente os contacta… Convinha além disso, de uma vez por todas, definir o que é a prescrição médica, porque a ordem de qualquer Delegado de Saúde, isso de acordo com quem percebe da poda… não pode ser considerada uma prescrição médica… e daí não pode manter-se em quarentena uma pessoa que testa negativo no primeiro teste até realizar o segundo… ao sétimo dia… alegando-se que a ordem dada pelo Delegado de Saúde é uma prescrição médica. Ora, a prescrição médica é a autorização por escrito de um médico para um paciente comprar um medicamento de um farmacêutico ou numa farmácia, coisa que nada tem a ver com o ditado de uma medida imposta pelo Delegado de Saúde, que conforme o caso pode ser legal, se a ordem estiver consignado em lei, ou ilegal se não corresponder a qualquer norma legal… É que a minha prima Angélica que ficou fã do “Tiaguinho” durante a pandemia, não gostou nada do que ele disse e da forma como se disse quando se referiu à decisão do Tribunal de Ponta Delgada que ordenou a soltura da família que estava “presa” na Graciosa, e com testes negativos … Angélica diz que com a arrogância que viu no Director Regional de Saúde… o rico pode não ir tão longe quanto gostava! 

  • 2 agosto 2020
  • Autor: CA
  • 26 julho 2020
  • Autor: CA
  • 19 julho 2020
  • Autor: CA

Opinião

  • 5 agosto 2020
  • Autor: CA

Com os pés na terra (464)